Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência

Análise de Coorte: como este recurso do Google Analytics pode contribuir para o SEO
3 de agosto de 2015
SEO para e-Commerce: 5 erros de SEO que você não pode se dar ao luxo de cometer!
16 de novembro de 2015

Quando o assunto é produção de conteúdo para campanhas digitais, o primeiro passo sempre é a pesquisa de palavras-chave. Por que? Simples: uma boa pesquisa de palavras-chave, uma boa segmentação das palavras-chave, é que atrairá o tráfico qualificado das buscas orgânicas, sejam ela long tail ou short tail.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Porém, você sabia que sendo uma etapa básica, os nem sempre a pesquisa de palavras-chave é bem feita – na verdade, às vezes, esta pesquisa nem sequer é feita. Pesquisas sobre mercado mundial (perceba que não estamos falando apenas do Brasil) de marketing digital apontam que 80% dos profissionais em Marketing e SEO fazem pesquisa de palavras-chave do jeito errado. Sabe como eles fazem a pesquisa de palavras-chave? A grande maioria simplesmente insere uma palavra-chave principal no Planejador de Palavras Chave do Google, fazem o download dos resultados  e então começam a classificar e organizar estas palavras-chave em planilhas, de acordo com o tráfego estimado.

 

Pesquisa de Palavras-chave com o Planejador de Palavras Chave do Google

Sabe qual é o maior problema com esta técnica? Nada, apenas a exaustão: milhares de outros profissionais de marketing e SEO fizeram exatamente a mesma coisa e encontraram as mesmas palavras-chave. Então, a menos que você tenha muita sorte, você não encontrará palavras-chave com baixa concorrência – e terminará jogando fora todo o seu esforço ao redigir um texto e otimizar uma página.

Se o seu domínio tem autoridade, não se preocupe com isso. Pode parar de ler agora mesmo. Mas, se você for um mero mortal como todos nós, e estiver trabalhando em um site que não possui tanta autoridade, ou um site recém-criado, você vai precisar encontrar palavras-chave que possa se ranquear bem.

 

Sim, e como eu faço uma boa pesquisa de palavras-chave?

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )OK, já que o Planejador de Palavras-chave já é muito utilizado, quais seriam as formas alternativas para pesquisar palavras-chave? Como encontrar termos “escondidos” que tenham um volume de buscas razoável e concorrência menor?

Eu sei que, até agora, só apontei problemas, mas agora vamos começar a conversar sobre as soluções. Vou ensinar 4 técnicas (relativamente) simples, mas bastante eficazes, de fazer uma pesquisa de palavras-chave que fuja do lugar comum e te ajude a descobrir termos que não foram utilizadas por milhões de concorrentes – e que fará o seu tráfico (qualificado, claro) de busca orgânica crescer mais rapidamente.

 

Desconstruindo conceitos: o que é, realmente, uma pesquisa de palavras-chave?

Pode parecer clichê, mas a pesquisa de palavras-chave é uma arte, não uma ciência. O que o Planejador de Palavras-Chave do Google mostra pra você é apenas uma pequena porção das palavras-chave que você pode usar. Como essa ferramenta, existem várias outras que são muito úteis.

Enquanto a maioria dos profissionais de SEO usam a pesquisa de palavras-chave para saber o volume de tráfego orgânico que podem atrair potencialmente, os profissionais que possuem mais experiência usam a pesquisa para entender o sua audiência.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Com o volume das palavras-chave, podemos descobrir algumas coisas como:

Quais são os problemas do seu público?

Afinal, se há um grande volume de busca por uma palavra-chave em particular, podemos deduzir que aquele é um problema comum e importante para este público. Crie o seu conteúdo tendo em mente os problemas mais populares.

Qual é linguagem seu público usa?

O mesmo problema pode ser descrito de várias maneiras diferentes. Se você conhece as palavras com as quais a sua audiência descreve seus problemas, você poderá escrever de acordo com essa linguagem, produzindo conteúdos com uma melhor compreensão e assertividade.

Quais são os tópicos de maior relevância no momento?

Com o tempo, os nichos de desenvolvem e as palavras-chave ganham (ou perdem) a relevância. Uma boa pesquisa de palavras-chave pode identificar quais termos tem ganhado popularidade e quais estão se tornando mais comuns – e aí você utilizará estes termos para criar seu conteúdo.

As técnicas que vou mostrar neste post não são para encontrar palavras-chave simples e básicas como: “o melhor computador”. Elas são para te ajudar a conhecer melhor a sua audiência, sabendo o que é mais importante para ela e te ajudando a criar seu leitor ideal.

Depois que você entender como o seu leitor busca ajuda, você vai estar pronto para encontrar palavras-chave que nem foram digitadas (e que são ideais para segmentar!).

 

Técnica 1 – Estudantes podem ser seu melhor público

Nem todo mundo (quase ninguém, na verdade) quer pagar por conhecimento – muita gente vai se dar po satisfeitos com conteúdos gratuitos e pronto. É por isso que pessoas que sabem que vale a pena pagar por uma aula, treinamento ou conteúdo de alta qualidade podem ser um público muito valioso. Se este é o seu público ideal, você vai encontrar ele em alguns lugares como:

  • Grandes lojas de e-commerce: estudantes costumam comprar muitos livros e audiolivros de marketplaces como a Amazon.
  • Blogs: eles seguem influências em um nicho e compram cursos de treinamento diretamente deles.
  • Marketplaces Educacionais: a demanda por treinamento online de qualidade está crescendo muito rápido. Sites como o Udemy vendem centenas de cursos de várias categorias para pessoas que desejam aprender.

Para fins de demostração, vamos nos concentrar no último lugar citado: usuários do Udemy são estudantes altamente entusiasmados (e estão dispostos a pagar quantias significantes por capacitação).

Até mesmo se você ainda não estiver vendendo nada, tenho certeza que vai querer criar conteúdos usando as palavras-chave que interessam a essa audiência. Assim, quando você estiver pronto pra vender, você vai ter um público altamente receptiva.

Há duas formas de pesquisa palavras-chave neste caso:

1. Pesquisando por palavras-chaves em conteúdos que os estudantes já gostam.

Os cursos mais acessados de cada categoria tem algumas coisas importantes em comum. Primeiro, eles são criados por experts em um público. São eles que vem escrevendo e ensinando há anos, então eles conhecem a linguagem que essa audiência usa. Segundo, nós podemos classificar cursos por popularidade. Se você olhar quais são os cursos mais populares, podemos ver quais cursos foram mais acessados.

Para nossa pesquisa de palavras-chave, isso significa que os participantes desses cursos terão interesse em conteúdos relacionados a eles. Podemos, então, gerar ideias de palavras-chave a partir dessas páginas de venda. Vamos ver como fazer isso passo a passo.

Primeiro, crie uma conta no site para fazer o login (pode ficar tranquilo, mão-de-vaca, é gratuito) e  clique em “Procurar cursos”. Isso vai fazer com que apareça um menu do lado esquerdo, com as categorias de todos os cursos:

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Por preferências pessoais (e óbvias), vou usar um blog de marketing como exemplo para orientar a minha pesquisa de palavras-chave. Então, dessa lista, eu escolheria a categoria “Marketing”. Você pode detalhar mais um pouco em uma lista de subcategorias que também é exibida ao lado. Caso sua audiência se interesse mais por branding, publicidade, ou marketing nas redes sociais, você pode especificar mais os cursos.

Depois, escolhendo (ou não) uma subcategoria, você terá acesso a uma lista de cursos em destaque, que não são necessariamente os mais populares (e por isso, não são os que mais nos interessam). Ao invés disso, clique em “Todos os cursos” no topo do menu e mude a opção “Classificar por” para popularidade.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Você vai notar que existem opções adicionais de filtro ao lado.

Acredito que a opção mais interessante é “Nível”, porque ela mostra o grau de dificuldade dos cursos. Se eu precisar criar conteúdo para profissionais de marketing iniciantes, eu poderei conferir quais são os cursos mais populares para iniciantes. Mas se eu quiser criar conteúdos para especialistas em marketing, eu posso filtrar e ver resultados para cursos de nível “Especialista”.

Seus leitores vão evoluir ao longo do tempo, ficando mais experientes e familiarizados com os temas. Com isso, as palavras-chave que eles vão usar para descrever seus problemas também vão mudar naturalmente. Isso é importante porque o seu conteúdo deve ser feito com uma linguagem correspondente ao nível de conhecimento do seu público, caso contrário, ele não irá repercutir no seu nicho.  Um conteúdo para problemas de “Especialista” com linguagem de “iniciante” não vai atrair especialistas (ou não vai chamar a atenção deles).

Voltando à pesquisa, uma vez que você filtrou os cursos para ver os mais acessados em que a sua audiência se interessaria, nós podemos (finalmente) encontrar algumas palavras-chave.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Aqui está o começo da descrição para o primeiro curso que escolhi. Perceba que o autor já fez metade do trabalho pra você: as palavras-chave relevantes já estão em negrito. Ele já sabe com quais são as palavras-chave que os alunos em potencial vão procurar o curso (afinal, ele já possui anos de experiência nisso), e por isso ele as destaca.

É verdade que nem todos os autores vão fazer isso, mas essa é uma área onde você poderá encontrar alguns termos.

A essa altura, você quer começar a gravar as suas palavras-chave. Você vai poderá segmentá-las futuramente, ou gerar ideias de palavras-chave adicionais a partir delas. Mas por enquanto, apenas reúna essas palavras em uma planilha.

Perceba que você não precisa copiar exatamente como elas aparecem na descrição. Por exemplo, duvido que alguém procure por “como atrair tráfego super qualificado”. Mas uma frase do tipo “como atrair tráfego qualificado” é provavelmente muito comum.

Uma vez terminada a extração de palavras-chave da descrição do curso, desça para ver o “Currículo”. Lá você poderá ver as  “Seções” e “Leituras” do curso. Elas costumam ser sobre os temas mais importantes (e atraentes) para clientes potenciais:

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Dessas três primeiras sessões, eu adicionaria as seguintes palavras-chave à minha tabela:

  • O que é list building
  • Por que você deve construir sua lista
  • Ferramentas para construir uma lista de emails
  • Como criar funis de vendas

O que eu acabei de mostrar para você era parte da página de vendas para um curso único. Você pode gerar dezenas de idéias de palavras-chave de qualidade para sua lista a partir de um único curso. Passe por quantos cursos achar necessário ou até as palavras-chave começarem a se repetir na planilha.

2. Ou podemos ver o que os alunos estão buscando na plataforma

Qualquer site de vendas (grande) tem a funcionalidade de autocompletar o que é buscado com palavras relacionadas (até porque esse tipo de sugestão ao usuário costuma aumentar a taxa de conversão). O Udemy também faz isso em sua barra de pesquisa.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Quando você começa a digitar uma palavra, ele te mostra sugestões que contenham as palavras que você já digitou. Essas sugestões são as palavras-chave relacionadas mais buscadas no site.

Eu escreveria todas essas sugestões de palavras-chave na minha planilha. Isso é muito prático porque todas essas palavras já foram classificadas como as mais buscadas nas últimas pesquisas.

Finalmente, não pare com as sugestões para as palavras-chave principais. Se você começar a digitar alguma dessas sugestões, você  vai poder encontrar ainda mais sugestões. Por exemplo, comecei a digitar “Marketing digital” e apareceu “Marketing Digital de resultados”, que seria uma boa adição à minha lista.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Técnica 2 – Encontre as perguntas que seus leitores fazem

Ninguém melhor para fornecer palavras-chave do que os seus próprios leitores, não é mesmo?

Há algum tempo atrás, era difícil encontrar as perguntas que os leitores faziam, mas hoje existem algumas ferramentas à nossa disposição. Vou falar sobre três delas, nas quais você poderá encontrar palavras-chave adicionais.

 

Usar o Faqfox em Fóruns

O Faqfox é uma ferramenta útil que pode ser usada para gerar idéias de conteúdo ou ideias de palavras-chave. Ele busca conteúdos em vários fóruns e agregadores e exibe os resultados em uma lista de tópicos.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Uma ferramenta como o Faqfox cobre todos os grandes fóruns e sites de perguntas e respostas, mas não todos eles. Se você encontrar um fórum do seu nicho, você pode procurar suas palavras-chave nos tópicos, da mesma forma que fizemos com o Faqfox. Além disso, você poderá conhecer melhor a linguagem que o seu público utiliza.

Para tanto, vamos copiar os títulos dos tópicos e alimentá-los em uma ferramenta de densidade de palavras-chave. Olhando as palavras e frases mais populares, você vai começar a visualizar o que é mais importante para a sua audiência.

Por exemplo, digamos que você queira saber mais sobre os leitores da seção “Geração de Conteúdo” no Fórum Marketing de Conteúdo. Em primeiro lugar, destaque os títulos dos tópicos.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Selecione, copie e cole todas essas informações em uma planilha em branco, e apague todas as informações que não serão úteis (como as respostas, visualizações e atividade do tópico). Copie as informações restantes (isso é, os títulos dos tópicos) e cole em uma ferramenta gratuita para análise de densidade de palavras-chave como o SEOBOOK (certifique-se de que você escolheu a opção de texto).

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Todas ferramentas desse tipo funcionam seguindo a mesma lógica, então escolha a que for da sua preferência.

Pra falar a verdade, meus resultados não iguais aos da imagem. Isso porque eu só vasculhei uma página do fórum. O ideal é que você procure em dezenas (ou centenas) de páginas até que as tendências possam ser facilmente reconhecidas.

Você ainda pode perceber como esse público se expressa. Por exemplo, poucos tópicos são perguntas. A maioria é feita com afirmações. Podemos ver ainda que palavras ele usa para buscar por soluções.

 

Vasculhar FAQs e sites de Perguntas & Respostas

A última forma de encontrar palavras-chave através das perguntas dos seus leitores da qual vou falar, são os sites de perguntas e respostas, como o Yahoo Respostas.

Os sites de perguntas e respostas acabam sento mais úteis que os fóruns porque não são organizados por última resposta, mas permitem que você veja as perguntas mais populares, tanto no passado quando no presente.

O primeiro passo é inserir a palavra-chave que identifica o seu tema na barra de pesquisa do site. Use o filtro abaixo para que os resultados sejam exibidos por relevância.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Você também pode escolher ver as perguntas por categoria, selecionando um dos temas do menu à esquerda. Dentro das categorias, existem ainda subcategorias que filtram os resultados. Por exemplo, dentro de “Negócios e Finanças”, há a subcategoria “Propaganda e Marketing”. Pinando as categorias você poderá acompanhar as perguntas que surgem com maior facilidade.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

É fato que nem todas as perguntas do Yahoo! Respostas são relevantes, o que significa dizer que a pesquisa de palavras-chave a partir desse site precisará ser paciente. Ainda assim, é um bom lugar para encontrar palavras-chave, e descobrir como as pessoas buscam por ajuda (até porque o site é feito justamente pra isso).

 

Técnica 3: Roube as palavras-chave “acidentais” dos seus concorrentes

Os principais sites do seu nicho produzem um grande volume de conteúdo e, muitas vezes, segmentam palavras sem nenhum propósito específico. Eles colocam a palavra-chave no título da postagem e algumas vezes ao longo do artigo.

Você não pode competir com esses sites para as principais palavras-chave que eles usam, mas se eles usarem qualquer uma dessas outras palavras, você pode tentar alcança-los. Se você criar conteúdos em torno de palavras-chave segmentadas, você terá um conteúdo melhor, por ser mais específico.

Sinceramente, esse é uma técnica um pouco mais difícil de usar, mas pode trazer bons resultados.

 

Passo 1: Use o Planejador de Palavras-chave do Google

Vá para o Planejador de palavras-chave do Google e cole a URL do seu concorrente no local onde pede “sua página destino” (geralmente funciona melhor se você usar a URL da página principal) e deixe o campo de palavras-chave em branco.

O Google vai te devolver umas 800 palavras-chave associadas ao seu site, organizadas por relevância. Boa sorte.

Você também pode inserir a URL de um post de blog específico no campo de página destino. Por exemplo, em meu blog hipotético focasse em SEO, eu poderia colocar o link de uma postagem sobre SEO na ferramenta.

Você terá algumas palavras-chave que não teria conseguido se tivesse simplesmente digitado “Marketing” no campo de palavras-chave da ferramenta. Eu recomendo que você baixe todas as palavras contidas na pesquisa e selecione as palavras que considerar melhores para adicionar à sua lista.

 

Passo 2: Conecte as palavras-chave à uma ferramenta de monitoramento de ranking

O principal objetivo dessa estratégia é encontrar palavras-chave que possamos ranquear facilmente. Se o seu concorrente pode ranquear uma palavra-chave sem nem ao menos tentar, deve ser mais fácil pra você ultrapassar ele.

Com a ferramenta, você pode ver quais palavras-chave são associadas ao seu concorrente, mas isso não significa que aquele site está bem posicionado para elas.Você vai precisar conectá-las a uma ferramenta de monitoramento de ranking ou verificar manualmente no Google (o que vai levar certo tempo).

Pra exemplificar, eu usei o Pro Rank Tracker. Com o plano gratuito, você terá acesso a 20 resultados. Mas se você quiser levar isso à sério, vai precisar de um plano premium.

Adicione o domínio do seu concorrente junto com as palavras-chave do passo anterior e salve. A ferramenta vai verificar o ranking dos termos que você inseriu.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Se você olhar a “URL View” no menu ao lado, verá todas as palavras-chave que inseriu abaixo do domínio do seu concorrente.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Procure pelas palavras-chave que estão classificadas nas duas primeiras páginas e que não foram totalmente incluídas no título da página, elas são as mais fortes candidatas.

 

Técnica 4 – Multiplique sua lista de palavras-chave

Cada método de pesquisa de palavras-chave tem a sua limitação, então você não pode se contentar em usar uma ferramenta só. Para ter um conjunto completo de keywords potencialmente classificáveis, você vai precisar de alguns mecanismos diferentes.

Para encontrar termos que não apareceriam por padrão no Planejador de Palavras-chave do Google, multiplique sua a lista de termos com ferramentas de palavras-chave diferentes. Aqui vão algumas:

Keywordtool.io

Eu já falei o quanto o recurso de autocompletar das barras de busca dos sites grandes são eficazes. Especialmente se esse site for o Google!Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Essa ferramenta de palavra-chave adiciona automaticamente letras às suas palavras-chave, uma de cada vez, e então memoriza as sugestões. Escolha qualquer palavra-chave de sua lista pra começar. Quando clicar no ícone de pesquisa, uma lista com sugestões de palavras-chave será exibida.

Nem todas serão boas, mas você poderá selecionar algumas para segmentar. Uma outra ferramenta que segue a mesma linha é o Ubersuggest:

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Term Explorer

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Essa ferramenta parece usar os dados do Planejador de Palavras-chave do Google mas pode te dar mais do que os resultados padrão que ele costuma oferecer. Depois de criar sua conta, selecione o “Bulk Keyword Tool” no painel ou no menu superior.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )Nomeie o seu trabalho e adicione algumas palavras-chave. As contas pagas do explorador de termos têm uma capacidade enorme. Chegam a oferecer 90.000 resultados, que vão revelar as palavras-chave escondidas que procuramos. Já as contas gratuitas são mais limitadas, e oferecem até mil palavras-chave, o que serve pra trabalhos bem menores mas que ainda assim é melhor do que Planejadores de Palavras-chave comuns.

Depois de começar um trabalho, será gerada uma lista de palavras-chave, parecida com a do Google Adwords (você também poderá filtrar os resultados usando a coluna lateral):

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Não se limite aos termos curtos e amplos.Escolha as melhores palavras-chave long tail e crie um novo trabalho para elas. Assim, você descobrirá ainda mais termos exclusivos. Eu criei um para o termo “estratégia de marketing digital” e consegui encontrar algumas palavras-chave long tail que podem ser boas segmentações.

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

Terminou sua pesquisa de palavras-chave? Ótimo, mas qual é a concorrência?

Depois de toda a pesquisa, você  terá reunido centenas de palavras-chave relevantes para segmentar. Porém, de nada vai adiantar o trabalho se você ignorar o grau de concorrência pra cada uma. Se vários profissionais estão focando naquela palavra-chave, muitas vezes é melhor esquecer ela e buscar uma que possa ser ranqueada mais facilmente.

Analisar o resultado de pesquisa para uma palavra-chave e conhecer a concorrência para ela são coisas completamente diferentes. A maioria das ferramentas de busca ou de acompanhamento de ranking possuem métricas de concorrência embutidas (ou pelo menos algo similiar a isso), algumas mais confiáveis que outras.

Usando os métodos desse post, você encontrará palavras-chave com uma média de concorrência menor do que as que são exibidas facilmente pelo Planejador de Palavras-chave.

 

E aí, você vai começar a levar a pesquisa de palavras-chave mais a sério a partir de agora?

Acredito que eu tenho conseguido te mostrar que uma pesquisa de palavras-chave vai muito além de (simplesmente) usar o Planejador de Palavras-chave do Google. Se aprofundar em termos com menor concorrência é mais trabalhoso e requer tempo (e prática)? Sim, isso é inegável, mas este tempo é bem recompensado quando você termina com uma pesquisa de palavras-chave bem feita e que indica aquelas palavras que farão seu tráfego aumentar (rapidamente) com menos esforço.

 

Estes 4 métodos “alternativos” de fazer sua pesquisa de palavras-chave podem te ajudar a encontrar essas palavras-chave com mais qualidade e menor concorrência. Mas me diga: há alguma outra técnica que você acrescentaria à essas?

Pesquisa de Palavras-chave: 4 técnicas (alternativas) para fazer um pesquisa melhor e se destacar da concorrência (Otimização de Sites (SEO) )

 

Ian Castro
Ian Castro
Ian Castro é CEO e Head of Inbound Marketing na Intermídias, agência digital especializada em Inbound Marketing. Certificado pelas principais plataformas de Inbound Marketing (HubSpot, RD Station e MailChimp) e Mídia Online (Google e Facebook) do Brasil. Pós-graduando em Marketing na FGV e Graduado em Comunicação na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, sempre esteve imerso no mundo da marketing digital e fundou o blog Intermídias em 2007 como um reflexo da sua prática profissional com comunicação digital e mídias sociais, além dos estudos que desenvolve sobre as possibilidades que o ambiente digital traz a prática publicitária. [currículo completo]

2 Comentários

  1. Eduardo D'Avila disse:

    Excelente conteúdo. Um dos poucos conteúdos da internet com relevância. Já esta no meu bookmarks.

  2. Lua Azul disse:

    Fabuloso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *