A homepage é definida como página de entrada de um site, mas, graças aos mecanismos de busca e as mídias sociais, são as landing pages que conduzem o tráfego.
O que é Home page e Landing page?
18 de outubro de 2010
Como o Google Adwords pode ajudar no webwriting através da identificação de palavras-chave relevantes para o público-alvo do webwriter.
Webwriting: pesquisa de palavras-chave #2
10 de Março de 2011

Escrever e produzir conteúdo para a internet e mídias sociais, os principais meios de atuação do webwriter hoje, exige muito mais do que “apenas” articular bem ideias. Na verdade, “escrever bem” é a menos importante das habilidades que um webwriter precisa ter. Antes de qualquer coisa, um bom conteúdo é aquele que gera tráfego, interação, atenção. Desta forma, antes de saber “como” escrever, é preciso saber “o que” escrever.

Este é um grande diferencial que um webwriter com boas noções de Search Engine Optimization (SEO) possui: a pesquisa de keywords (palavras-chave). Além de possibilitar a otimização dos textos para os mecanismos de buscas, esta descoberta das palavras-chave relacionadas ao seu público-alvo permite ao webwriter se familizar com os temas pelos quais ele se interessa e os termos que ele realmente usa em seu cotidiano.

Há várias maneiras de descobrir sobre o que o seu público quer ler. Neste primeiro momento vamos nos concentrar em duas muito básicas: o benchmarking (prática oriunda da Administração) e a busca do Google (com o filtro Discussões, o Google Suggest e a Roda Mágica).

O Benchmarking

A forma mais simples de benchmarking de conteúdo é vasculhando os artigos populares em sites concorrentes. Muitos sites (principalmente blogs e fóruns) destacam de diversas formas seus conteúdos mais populares: alguns possuem um widget com os artigos mais lidos e comentados; outros publicam periodicamente posts relacionando os textos mais acessados, buscados ou citados. Relacionar e analisar estes conteúdos “concorrentes” é uma forma muito efetiva (e fácil) de montar uma boa pauta a partir das preferências, já corroboradas, do seu público-alvo.

A Busca do Google

O Google dispõe de uma grande variedade de ferramentas para marketing de busca e otimização de sites; a mais básica delas é a própria busca.

Discussões

Entre os recursos que a busca do Google fornece ao webwriter, é válido destacar seus filtros para conteúdo produzido pelos usuários.  O filtro “Discussões” (segmentado em duas subcategorias: Fóruns e “Perguntas e Respostas”), pode revelar ao webwriter as conversas mais recorrentes e dúvidas comuns do público-alvo.

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Observar o conteúdo produzido pelo usuário é fundamental no webwriting, pois fornece uma base para que sejam produzidos textos e materiais com os quais o público-alvo se identifique e veja suas necessidades atendidas. Geralmente este tipo de pesquisa resulta na criação de comparativos, descritivos de produtos/serviços, guias para escolha de produtos/serviços ou até textos respondendo diretamente às dúvidas mais comuns do seu público.

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Uma forma amigável de visualizar os termos que o seu público-alvo utiliza comuns acerca de um determinado assunto é transformando a SERP do Google em uma nuvem de keywords – com o Wordle.

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Google Suggest

As sugestões de busca que aparecem na interface do Google foram uma implementação bastante sutil que pode ajudar bastante o webwriter a identificar algumas palavras mais buscadas pelo seu público-alvo. O Google Suggest é útil na medida que mostra como palavras-chave gerais estão (contidas e) relacionadas à palavras-chave mais específicas, o que permite ao webwriter melhorar sua atuação na cauda longa .

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Uma ferramenta muito útil para explorar ao máximo o potencial do Google Suggest é o Übersuggest, que expande uma determinada palavra-chave criando um glossário com suas derivações.

Roda Mágica / Wonder Wheel

Um recurso quase desconhecido na busca do Google é a Roda Mágica, que representa graficamente palavras associadas ao termo buscado. Com a Roda Mágica o webwriter pode encontrar novas palavras-chave que, ao contrário do Google Suggest, não estão relacionados à palavra-chave original, mas ao comportamento do usuário quando busca por esta palavra-chave.

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Como achar ainda mais palavras-chave?

Há várias outras formas de um webwriter identificar temas e palavras-chave relevantes para o seu público-alvo e para a otimização do seu texto. Nos próximos posts vamos aprender um pouco mais sobre como as ferramentas de pesquisa (Google Adwords, Google Insights e Google Hot Trends) e web analytics (Google Analytics e Google Webmaster Tools) do Google permitem expandir nossas palavras-chave – além outras ferramentas interessantes de SEO (como a WEB SEO Analytics).

Extra: Quer saber mais sobre o que é SEO?

 

Webwriting: pesquisa de palavras-chave (Otimização de Sites (SEO) )

Ian Castro
Ian Castro
Ian Castro é CEO e Head of Inbound Marketing na Intermídias, agência digital especializada em Inbound Marketing. Certificado pelas principais plataformas de Inbound Marketing (HubSpot, RD Station e MailChimp) e Mídia Online (Google e Facebook) do Brasil. Pós-graduando em Marketing na FGV e Graduado em Comunicação na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, sempre esteve imerso no mundo da marketing digital e fundou o blog Intermídias em 2007 como um reflexo da sua prática profissional com comunicação digital e mídias sociais, além dos estudos que desenvolve sobre as possibilidades que o ambiente digital traz a prática publicitária. [currículo completo]

2 Comentários

  1. Robson Coutinho disse:

    Olá Ian Castro,

    Ótimo post, muito interessante e com muitas ferramentas interessantes que eu não conhecia como o Wordle e o Ubersuggest… com certeza irei incorporá-las as minhas pesquisas de palavras chave.

    Obrigado brother, abraços.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *