Minicurso de SEO para WordPress: que tal melhorar a posição do seu site no Google?
27 de Janeiro de 2015
Mobile Sites: porque ter um site responsivo é mais importante do que você pensa…
9 de Fevereiro de 2015

A Landing Page, conhecida também como “página de aterrissagem” ou “página de destino“, é uma página estrategicamente criada para uma campanha (ou projeto) e tem como objetivo atender ao máximo as expectativas de quem a visita. A landing page, segundo Martha Gabriel, “é a página que aparece para uma pessoa quando ela clica em um anuncio ou link de um resultado de busca (orgânica ou links patrocinados)” – definição retirada do livro “SEM e SEO: Dominando o Marketing de Busca”. O grande diferencial das landing pages em relação às demais páginas do seu site é que elas tem uma finalidade, uma objetivo: converter o usuário, fazer ele realizar uma ação que você deseja. Para isso, uma landing page deve contar com conteúdo diferenciado e completo, planejados para persuadir, informar e direcionar o público-alvo para o seu objetivo.

O objetivo de uma landing page sempre é a conversão

Qualquer investimento em estratégias de comunicação online, como SEO (otimização de sites) ou Links Patrocinados, carregam consigo a necessidade de atingir um (ou mais) determinado objetivo – que é indicador de sucesso do seu investimento em comunicação. No Google Analytics, este objetivo é considerado uma meta e a conversão é o cumprimento desta meta.

Converter um visitante, é, simplesmente, fazer com que ele atinja estas metas, dentro do seu site. E como definimos o que é conversão? Uma vez que “converter um visitante” do seu site é fazer ele cumprir uma determinada ação que tenha valor para o seu negócio, antes de qualquer coisa é necessário definir o que é conversão para o seu negócio. E quem deve definir o que é “Conversão” é, unicamente e exclusivamente, você – quem sabe, melhor do que qualquer um, como ele te dá retorno. No ramo imobiliário, grande parte dos sites de Empreendimentos, Incorporadoras ou Imobiliárias possuem um tipo muito particular de conversão: a geração de leads. Para este tipo de negócio, o principal esforço de comunicação online é fazer com que o primeiro passo do processo de compra seja tomado através do site. Para isto, ele geralmente dispões de ferramentas como Formulário de Contato, Chat Online ou Formulário para Solicitação de Contato. A conversão, neste caso, é a efetivação do contato através dos mecanismos do site.

Como fazer uma landing page com alta taxa de conversão?

Agora que já sabemos o que são landing pages e sua importância para aumentar a conversão do seu site, vamos conferir 7 passos (detalhados) que sintetizam tudo que você precisa saber (e fazer) para criar uma ótima landing page e aumentar suas conversões!

PASSO 1: CONSTRUA O PERFIL DO SEU PÚBLICO-ALVO

Uma landing page otimizada atrai clientes potenciais, mas uma boa landing page também filtra as pessoas que realmente fazem parte do seu público-alvo – e segregam aquelas que não se encaixam neste perfil. Então, antes de qualquer coisa, você precisa traçar uma imagem mental de quem é o seu público-alvo: homem ou mulher? Classe (econômica) alta, média ou baixo? Criança, jovem, adulto ou idoso? Conservador ou moderninho? Se você sabe com quem está falando é mais fácil manter uma conversa e, principalmente, usar os argumentos corretos.

Landing Page: como fazer Landing Pages que convertem (Otimização de Sites (SEO) )

Para criar e otimizar landing pages com uma taxa de conversão alta é preciso conhecer seus clientes – e, além da conjectura, você pode usar uma série de ferramentas para isso como: pesquisa online, entrevistas, levantamento de dados comportamentais, entre outros. O importante aqui é entender as motivações internas do seu público-alvo e transformá-las em argumentos a favor do seu produto ou serviço.

PASSO 2: ENTENDA O NICHO DOS SEUS POTENCIAIS CLIENTES

Com o seu público-alvo em mente, é hora de pensar no que você vai falar para ele – em quais serão seus argumentos de venda. O que o seu público espera do seu produto/serviço? Qual é o maior problema que ele resolve? Como ele percebe as vantagens (e as fraquezas) do seu produto/serviço em relação aos concorrentes? Nesse momento você vai despender muitos esforços, mas você pode buscar ajuda do seu próprio público-alvo:

  • Faça um monitoramento de redes sociais e identifique como eles falando seu seu produto e/ou como falam dos concorrentes (especialmente as frustrações).
  • Entreviste por e-mail (ou telefone, por que não) alguns dos clientes que você já tem e descubra qual foi o motivo de terem escolhido o seu produto/serviço.
  • Entenda o nicho no qual seu público-alvo está inserido e comece a se relacionar com ele de forma não-comercial – faça parte da comunidade para a qual você quer vender.
  • Pesquisa materiais de referência (como livros, por exemplo) e ouça o que o seu público tem a dizer sobre eles.

O seu público-alvo tem um determinado objetivo/interesse e, por causa desse interesse, ele está disposto a adquirir seu produto/serviço. A sua Landing Page deve mostrar que você compreende seu público, tem os mesmos interesses que ele e quer fazê-lo atingir seu objetivo. Fale para eles exatamente o que eles querem (e precisam) ouvir.

Landing Page: como fazer Landing Pages que convertem (Otimização de Sites (SEO) )

PASSO 3: VÁ DIRETO AO PONTO, NADA DE ENROLAÇÃO

O que é conversão para o seu negócio? Qual é a ação que você deseja que o seu público desempenhe na sua landing page? Você quer que ele entre em contato, deixe um depoimento de satisfação, se inscreva no seu mailling, compre seu produto…? O seu comando (o call-to-action) deve ser único e estar expresso de forma clara para o público – ele deve ser tão claro para o seu público quanto é para você.

Você sabe o que o seu público procura e sabe o que tem a oferece. Seja o mais direto o possível. Faça uma redação orientada para o seu objetivo; só use imagens que tem algum valor à página como um todo; destaque o que deve ser destacado em prol do cumprimento do seu objetivo. Não adiantar enrolar, florear, exemplificar em excesso ou utilizar recursos desnecessários para este processo de convencimento do público. Toda e qualquer informação que contribui com esse objetivo são simplesmente desnecessárias e prejudiciais à sua taxa de conversão, pois distraem o público-alvo e o desviam do caminho que você traçou para convertê-los.

Landing Page: como fazer Landing Pages que convertem (Otimização de Sites (SEO) )

O exemplo acima é de uma das ferramentas de monitoramento mais famosas aqui no Brasil, o Scup. Olhe com mais atenção e perceba como todas as imagens, elementos e títulos apenas reforçam apenas uma mensagem: “Teste”. Essa é a finalidade desta landing page: fazer o visitante se cadastrar e testar a ferramenta.

PASSO 4: FAÇA COM QUE SUA PROPOSTA SEJA ÚNICA

Demonstre a sua superioridade em relação aos concorrentes, reafirme que o seu serviço/produto é único, confirme para os visitantes que estão no lugar certo e que a sua oferta é o que eles estão procurando. Existem várias formas de demonstrar essa unicidade para o seu público, alguns utilizam títulos e subtítulos de impactos, outros uma listagem em tópicos e aqueles que investem mais fazem um pequeno vídeo mostrando como seu produto/serviço funciona. Você vai chegar no formato que mais se adequa a suas necessidade (e limitações), mas o importante é que você deixe bem claro o diferencial de valor que você oferece a seus visitantes (não o valor monetário, mas o quanto o produto/serviço pode ser valioso).

Landing Page: como fazer Landing Pages que convertem (Otimização de Sites (SEO) )

PASSO 5: SEJA CONVINCENTE

Se você quer vender algo, fatalmente você deve persuadir o seu cliente. Persuadí-lo e convencê-lo, acima de qualquer dúvida (ou, pelo menos, da maioria delas), que o seu produto/serviço é o melhor que ela poderia adquirir. Preço? Qualidade? Acabamento? Funcionalidade? Se você conhece mesmo o seu público-alvo, você conhece os critérios que ele usa para avaliar o seu produto/serviço; então exponha-os, um a um, e construa uma defesa para o seu produto/serviço.

Landing Page: como fazer Landing Pages que convertem (Otimização de Sites (SEO) )

De novo, se você não conhece quais são estes critérios, você deve abordar o seu cliente (ou os clientes dos seus concorrentes) e perguntá-los – eles são a melhor fonte para a informação que você busca.

PASSO 6: TRANSMITA CONFIANÇA

A sua landing page é um conjunto de elementos que trabalham ao seu favor: o seu título chama a atenção do (seu possível) cliente, o texto mostrou seus diferenciais e reforçou a qualidade do seu produto/serviço em cada aspecto possível e imaginável que este cliente poderia avaliá-lo e o call-to-action deixou claro os (poucos) passos que o cliente deve seguir para finalizar o negócio… mas ele ainda não finaliza. Por que? Simplesmente porque ele pode estar se questionando “Por que eu deveria acreditar em tudo isso? É claro que o vendendor só vai me contar coisas boas sobre ele…)”. E, quer saber? O seu cliente está absolutamente certo. É por isso que devemos deixar nossos clientes falarem por nós, deporem a favor dos nossos produtos – e esta é a importância de exibir depoimentos reais (de preferência com fotos) na sua landing page.

Infelizmente, a internet está cheia de charlatões – em todas as áreas. Elementos como depoimentos de clientes que já adquiriam seu produto/serviço, número de pessoas que já compraram, comentários, avaliações, resultados de testes de clientes ou até matérias publicadas em outros sites, revistas ou jornais te ajudam a provar que o seu produto/serviço é realmente seguro e confiável.

Landing Page: como fazer Landing Pages que convertem (Otimização de Sites (SEO) )

PASSO 7: SEUS TEXTOS ESTÃO, REALMENTE, VENDEDORES?

Você, enquanto vendedor, está muito convencido da qualidade da sua landing page – afinal você teve muito trabalho para fazê-la, certo? Então, após todo este trabalho, deixe a sua landing page “descansar” um pouco. Pare de pensar sobe ela e vá fazer outras coisas completamente diferentes. Quando você já a tiver esquecido, aí sim é hora de voltar ao trabalho.

Com isso seu olhar sobre a landing page vai ser outro, um olhar menos viciados. Com isso você poderia revisar seu texto para evitar erros gramaticais e ortográficos, avaliar se seu texto está realmente convincente, se está interessante, se a apresentação do produto esta clara e simples – inteligível por qualquer um. Revise bem o seu trabalho – e para isso deixo algumas perguntas:

  • Você listou todos os principais benefícios?
  • Você esclareceu as dúvidas mais comuns do seu possível cliente?
  • Você usa vocabulário que o seu cliente usa? (Nada de palavras difíceis ou pueris)
  • Você está sendo objetivo ou prolixo?
  • Você já leu seu texto em voz alta? (Às vezes ele não soa tão bem quanto escrito)

Você já conhece seus potenciais clientes e sabe como encontrá-los, agora você tem que se preocupar em fazer que a experiência deles na sua landing page seja a melhor o possível!

E o grande segredo para criar uma boa landing page é…

…ser assertivo!

Se você acha que agora é só publicar a sua landing page e esperar, sinto dizer mais você está enganado! Uma landing page nunca está finalizada, ela sempre pode ser otimizada! Já ouviu falar de heatmap ou Teste A/B? Estes dois (e muitos outros) são diferentes testes que podem te ajudar a entender o comportamento dos visitantes da sua landing page, criar hipóteses de como melhorar a experiência deles e testar estas hipóteses em tempo real. O objetivo é sempre aumentar a taxa de conversão, então você ainda tem muito trabalho a fazer! Quer algumas ideias de como fazer isso?

  • Seu título e subtítulo estão de acordo com o que se passa na mente do seu leitor?
  • O call-to-action deixa claro qual o próximo passo para os seus visitantes?
  • Você forneceu para os visitantes informação suficiente para que eles faça o que você quer dentro do site? Será que você não deu informações demais?
  • Você reforçou a confiança suficiente para seus possíveis clientes acreditarem e confiarem em você?

Para criar uma landing page que atraia e converta possíveis clientes é preciso muito mais que (apenas) uma boa escrita: você precisa ser estratégico e assertivo. O verdadeiro segredo aqui é entender bem o seu cliente e dizer exatamente o que ele precisa ouvir.

Ian Castro
Ian Castro
Ian Castro é CEO e Head of Inbound Marketing na Intermídias, agência digital especializada em Inbound Marketing. Certificado pelas principais plataformas de Inbound Marketing (HubSpot, RD Station e MailChimp) e Mídia Online (Google e Facebook) do Brasil. Pós-graduando em Marketing na FGV e Graduado em Comunicação na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, sempre esteve imerso no mundo da marketing digital e fundou o blog Intermídias em 2007 como um reflexo da sua prática profissional com comunicação digital e mídias sociais, além dos estudos que desenvolve sobre as possibilidades que o ambiente digital traz a prática publicitária. [currículo completo]

2 Comentários

  1. Agnaldo disse:

    Estou tentando me cadastrar no site e não consigo

  2. Ian Castro disse:

    Oi Agnaldo,

    Me informe o seu e-mail e eu o cadastrarei 🙂

    No mais, obrigado pelo feedback!
    Vou averiguar o problema.

    Abraço,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *