eBook Google analytics: descomplicando as métricas digitais
Google Analytics: um eBook para descomplicar as métricas digitais
13 de junho de 2016
Estratégias de Marketing para instituições de Ensino superior
6 estratégias de Marketing para Instituições de Ensino Superior
7 de novembro de 2017

Uma mensagem na rede pode encontrar milhões de pessoas que nada têm a ver com seu negócio. Seja um blog, uma página, um e-commerce, ou outro tipo de abordagem.

Sabe por quê? A internet pode ser um elefante dentro de uma joalheria. Elaborada com finíssimas vitrines de vidros. Em alguns segundos, tudo pode virar cacos. Com joias pisoteadas e pérolas a rolar pelo chão. Mas com precisão cirúrgica, tudo se transforma numa exponencial ferramenta de vendas. Para aumentar o tráfego em sua página, blog ou ponto de venda virtual (e-commerce). Qual a diferença entre o elefante e a precisão cirúrgica?

A explicação é simples. Basta um encadeamento de raciocínio e um compromisso com as recomendações citadas neste post. Essa ferramenta atende pela sigla em inglês, SEO, que significa otimização de mecanismos de busca. Veja o passo a passo que pode transformar seu investimento em Marketing Digital.

A Intermídias colabora para o aumento de contatos, visitas online, fortalecimento de marcas e produtos que você queira promover. Seja sua fanpage, blog, ou e-commerce. E, naturalmente, ajudamos a melhorar o desempenho de vendas e a consolidação de imagem e posição dentro do universo das redes sociais. Tudo para que a exibição de seu negócio alcance o topo de busca no Google.

 

Conhecer as pessoas que movimentam seu negócio, eis a diferença.

Para chegar a isso é preciso um mergulho de profundidade, a partir do que você ou sua empresa têm a oferecer. É preciso entender e definir bem quem é o seu público interessado. É preciso saber quem é e como o seu público-alvo compreende o seu negócio, produto, marca, enfim, aquilo que o faz se interessar e navegar pela internet. É preciso conhecer seus hábitos, preferências, relações de grupos, para compreender melhor o que possa atrair pessoas desse comportamento.

Por falar nisso, há pelo menos dois tipos de públicos: aquele que sabe o que quer, e vai direto aonde ele julga encontrar o que procura. Este é mais difícil de ser conquistado na rede digital, embora não seja impossível. E o outro é o público atraído por uma comunicação persuasiva, interessante que mexe com seus sentimentos mais íntimos.

 

Palavra-chave. É a chave que abre as portas que interessam ao seu ramo de atividade

A partir do momento em que seu público-alvo é conhecido, definido, tudo fica mais prático. A palavra-chave, melhor dizendo: as palavras-chave serão mais fáceis de ser associadas aos apelos dirigidos ao público definido. Mas há mais de uma palavra-chave? Sim, e esse é um dos fatores que se for bem analisado pode significar naquilo que falamos acima. Sua estratégia pode se transformar num elefante dentro de uma joalheria ou numa precisão cirúrgica.

Dentre várias palavras existem aquelas que colam. Porque possuem uma sinergia que emite e recebe sinais do seu público. E essa escolha como é feita? Nada de bicho-de-sete-cabeças. Simples: com a precisão de quem possui potencial para encontrar a relevância de um apelo, com a dose criativa necessária para transformar uma comunicação numa flecha que acerta o alvo com precisão.

 

A pesquisa faz aflorar as palavras

Quando se busca quem é. E o que ela faz. Qual o comportamento de uma pessoa ou de um grupo com características definidas na pesquisa, que relaciona a pessoa com vários argumentos e questões, que, afinal, são feitos de palavras. E nada como uma palavrinha bem colocada numa frase interessante, persuasiva para chamar atenção para o seu blog, sua fanpage, seu e-commerce, enfim, para o seu interesse em aumentar o fluxo orgânico de seus clientes.

Pera aí? Novidade não entendida? Explicamos: o público orgânico é aquele que entra no seu endereço digital movido pela espontaneidade de uma palavra, uma construção engenhosa, criativa que lhe chamou a atenção. Diferente do público que chega via o anúncio pago, que fica logo na primeira página do Google. Mas isto é uma disputa com outro? Sim. Acontece que o público orgânico encontra esse universo de convencimento feito por palavra-chave que toca seu íntimo. Com muita precisão. Que ele se sente dentro daquele apelo. Fica com a sensação de que aquilo foi feito só para ele. Ou só para ele e sua turma de relacionamento. Por isso ele sente-se gratificado.

Por exemplo, se o seu negócio é aluguel de bicicletas. Imagine o que poderia balançar o coração do seu público, depois de todos esses passos serem minuciosamente seguidos. Desde a estratégia de Marketing Digital até chegar ao exemplo abaixo:

 

Bicicleta? Dia de céu azul e sol pra pedalar.

Viu? A primeira palavra-chave é bicicleta. Mas as outras são correlatas e também mandariam seu público-alvo para sua página, blog ou e-commerce. As palavras fornecem doses relevantes de convencimento:

Céu azul – Sol – Pedalar – Dia.

São várias chances para pegar seu cliente pelo coração e pelo pé.

___

Artigo de José Armando Nogueira

Alessandra Carvalho
Alessandra Carvalho
Alessandra Carvalho é Analista de Inbound Marketing da Intermídias, graduanda em Comunicação Social pela UFBA, certificada em Inbound e E-mail Marketing pela Hubspot, e em Marketing de Conteúdo e Produção de Conteúdo pela Universidade Rock Content.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *