Produção de conteúdo que gera mais vendas: como fazer?

Geração de leads com Google Adwords: 6 passos para melhorar a sua performance
26 de junho de 2017

O Marketing de Conteúdo é uma estratégia cada vez mais desempenhada por pequenas, médias e grandes empresas. E isso acontece devido à sua força de gerar mais vendas. A produção de conteúdo é a ferramenta que irá acompanhar o lead, desde a atração dele até a venda.

Vídeos, conteúdo para blog, e-mail marketing, e-book, entre outros tipos de conteúdos estão presentes em todas as etapas do funil. Sendo assim, a criação de conteúdo é uma forma de alavancar as vendas sem empurrar publicidades e anúncios para os leads e clientes.

 

Produção de conteúdo: levando para a ação

Uma das grandes vantagens da produção de conteúdo, para o Inbound Marketing, é que ela proporciona ao lead uma nova experiência de se relacionar com uma marca. A partir da geração de conteúdo, por exemplo, é o futuro cliente quem encontra a empresa e passa a segui-la.

Dessa maneira, o exercício da geração de conteúdo é conquistá-los e levá-los para uma ação, independentemente da etapa do funil. Por isso, o ideal é trabalhar sempre com um CTA (Call To Action, ou “chamada para a ação”) no final de cada conteúdo.

Para isso, a empresa deve usar alguns elementos fundamentais de persuasão. O primeiro dele é mostrar uma solução para a dor do lead (um problema de origem social, econômica, material ou até mesmo psicológica). Vale destacar que a solução é o produto ou o serviço que será oferecido para ele.

 

Funil de vendas: geração de conteúdo que converte

Ferramenta fundamental do funil de vendas, a produção de conteúdo deve ser totalmente estratégica, pensando na necessidade e na vontade do lead. Por isso, as estratégias de marketing de conteúdo precisam ser muito bem pensadas.

 

Produção de conteúdo que gera mais vendas: como fazer? (Marketing Digital )

Topo de Funil

Nesta etapa, o conteúdo deve conquistar o lead de primeira. Para isso, a empresa deve pensar nas dúvidas mais básicas das pessoas que procuram por aquele tipo de produto ou serviço na internet. “Como fazer?”, “O que é?”, “Onde comprar?”, por exemplo, são perguntas feitas ao Google pelos usuários. Aposte nas respostas delas para conquistar mais leads.

Meio de Funil

Após conquistar a confiança do lead e conseguir um cadastro dele, agora é hora de construir a autoridade da empresa. Nesta etapa, o conteúdo deve se aprofundar mais. O ideal é trazer mídias alternativas e estreitar os laços com o lead. Aposte em uma troca – uma conversa.

Fundo de Funil

A produção de conteúdo deve começar a focar mais na venda. É hora do lead comprar e se tornar um cliente. Nesta etapa, portanto, a empresa deve atuar com campanhas e promoções. O ideal é usar os elementos da copywriting para gerar mais vendas.

 

Produção de conteúdo: da dor à solução

Em qualquer ocasião, o ideal é que a produção de conteúdo foque em encontrar soluções para dores humanas, ao invés de forçar uma compra. Confira alguns elementos que irão deixar a produção de conteúdo mais assertiva em relação às vendas:

Humanização

Na criação de conteúdo, a humanização refere-se ao fato do conteúdo ser voltado para as questões humanas e não abordar apenas o produto. Isso irá fazer com que o conteúdo entretenha os leads, ou então sejam informativos e educativos.

Persuasão

Persuadir não é manipular. A persuasão se refere ao uso de elementos capazes de convencer uma pessoa a executar uma ação proposta no CTA. Veja como usar a persuasão na produção de conteúdo:

Copywriter

Textos persuasivos voltados para a venda. Podem ser divulgados em cartas de vendas, e-mail marketing ou landing pages. A dica é propor apenas uma ação por copywriter/ CTA.

Gatilhos Mentais

Os gatilhos mentais são ferramentas persuasivas que se relacionam com as emoções e instintos do ser humanos. O comportamento humano é um resultado da emoção. Sendo assim, usar gatilhos mentais é uma forma de provocar uma emoção e, por consequência, uma ação.

Quebra de objeções

É importante que a produção de conteúdo preveja quais serão as objeções do público diante de tal produto ou serviço. Ou seja, o redator deve estar atento a quebra de desculpas que podem levar o lead a não consumir – as objeções. Exemplos de objeções:

  • O produto está caro.
  • O produto não irá funcionar comigo.
  • E se eu me arrepender?
  • Não confio na marca/ vendedor.
  • Não acredito que seja tão fácil assim…
  • Eu não entendi para que serve o produto.
  • Não preciso disso agora.
  • Vou consultar alguém…

Esses exemplos são frases comuns no processo de vendas. Quando não há contato direto com o cliente, como acontece no Marketing Digital, deve ser a produção de conteúdo a responsável por matar essas objeções.

Criatividade

Por fim, é fundamental que haja criatividade na produção de conteúdo para vendas. Este último fator irá fazer toda a diferença na internet, onde a concorrência com outros conteúdos apenas cresce.

 

Agência de Marketing de Conteúdo: mais vendas e mais qualidade

Para facilitar o cotidiano das empresas, uma agência de conteúdo é uma forma de otimizar a produção de conteúdo, alavancando as vendas com um baixo investimento. A principal vantagem da terceirização da criação de conteúdo é ter mais qualidade nas publicações, com um menor preço.

 

Leads com conteúdo

A Leads Marketing de conteúdo é uma empresa que nasceu de um modo diferente. Muito mais do que apenas vender conteúdos, nós queremos que nossos clientes tenham negócios sustentáveis, lucrativos e que ao mesmo tempo, tenham tempo para as coisas importantes da vida!

Com a ajuda da Leads Marketing de Conteúdo, você terá tempo e tranquilidade para se dedicar ao seu negócio, colhendo apenas os bons frutos que uma presença constante na internet te traz!

 

Ian Castro
Ian Castro
Ian Castro é Head of Inbound Marketing na Intermídias, agência especializada em Inbound Marketing & Marketing Digital para PMEs. Graduado em Comunicação na Faculdade de Comunicação da Universidade Federal da Bahia, sempre esteve imerso no mundo do marketing digital e fundou o blog Intermídias como um reflexo da sua prática profissional com comunicação digital e mídias sociais, além dos estudos que desenvolve sobre as possibilidades que o ambiente digital traz a prática publicitária. [currículo completo]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *